A Benevolência na definição aristotélica da amizade

Konrad Utz

Resumo


Aristóteles distingue três tipos de amizades: a amizade da virtude, do prazer e da utilidade. Todas essas exigem que os amigos se amem reciprocamente e que seu amor não fique escondido ao outro. Porém, há outro critério da amizade referente ao qual o texto parece ser vago: a benevolência, que em primeira instância, faz parte da definição geral da amizade. Vou referir-me, principalmente, aos capítulos III e IV do oitavo livro da Ética a Nicômaco, oferecendo uma interpretação de algumas passagens que me parece nova.

Palavras-chave


amizade, benevolência, ética, Aristóteles

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.